quarta-feira, 20 de abril de 2011

Eu sou uma cebola


Eu sou uma cebola

Há algum tempo uma garota muito especial na minha vida me disse:
Você limita suas amizades. Sim, você não percebe ? Você coloca um limite e diz a si mesmo que dali em diante não deixará aquela pessoa passar. Caso a pessoa invada seu espaço você muda de assunto ou então some, foge, sem qualquer explicação. Mas eu respeito seus limites, respeito seu tempo.
Ela tinha razão, era isso mesmo, eu nunca tinha me dado conta, mas quando ela falou aquilo de forma tão clara eu pude perceber que eu faço exatamente isso, eu limito até onde as pessoas podem ir e não permito que elas passem desse determinado ponto.

Talvez seja normal, talvez eu controle demais minhas relações, talvez seja um mecanismo de defesa (e será que estou utilizando ele bem?), o fato é que essa conversa me levou a refletir muitas coisas na minha vida, me esclareceu e me fez evoluir. Agora eu me sinto uma cebola.

Uma cebola? Sim, uma cebola. Uma cebola é composta de muitas camadas sobrepostas e pra se atingir o miolo é preciso vencer todas as camadas, todo os obstáculos. Eu sou assim, me resguardo no miolo, me envolvo de camadas e mais camadas, vou me apresentando aos poucos, à medida que a intimidade me conquista a confiança. Posso sentar com você numa lanchonete e conversar horas sem nem lhe contar nada sobre minha vida pessoal, somente arrodear, expor pontos de vista sobre assuntos aleatórios; ou posso conversar com você diariamente e não contar os meus sofrimentos mais íntimos.

Preciso de tempo e confiança pra me despir de tantas camadas, só depois dessa conversa eu consegui perceber que apesar de ser uma pessoa bastante sociável e comunicativa eu sou muito reservado, e poucos conseguem penetrar nessa área restrita onde ficam meus pensamentos secretos.
Nota: Eu sou uma cebola. Será que as pessoas choram ao me descascar ?

[Mente Hiperativa]

6 comentários:

  1. hahaah...
    Cebolinhaaaaaaaaa!
    :P
    Eu choro não ehhehe

    ResponderExcluir
  2. Sempre achei fascinante o fato de alguém "chorar" por descascar uma cebola... Ela é especial.

    :)

    ResponderExcluir
  3. Oi,MH!Eu sou assim também, sociável e tal,mas arrancar alguma coisa da mniha vida pessoal mesmo não é lá muito fácil, assim como tu acho que sou uma cebola. Gostei da metáfora.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Quando eu descascar você , te direi se chorei, Meu caro amigo, fico pensando agora, você sempre me pareceu assim, e agora vejo o porquê.E algumas de suas atitudes é apenas para se proteger, e com toda razão. Um dia você verá que alguém possa te trazer toda essa confiança. Bjão

    ResponderExcluir
  5. O problema em descascar uma cebola, é que a gente já começa o chorar no início.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. velho me vi nesse texto ai, muito bom

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião: