segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Desistências


Desistências
Desistências

Estou vivendo uma fase em que é importante pra mim desistir de tudo que não tem jeito, que não tem sucesso, que a despeito do meu esforço não acrescenta qualquer êxito à minha pobre e terrena existência. Sendo assim desisto dos amores que não deram certo, das pessoas que não consigo cativar, das oportunidades que não dou conta, de todos que eu tento ajudar e não querem minha ajuda, desisto de tudo que eu já cansei nessa vida. Tiro esse peso das minhas costas para assim poder seguir mais aliviado nessa árdua caminhada que é a vida.

Até fico admirado ao constatar o quanto demorei a me dar conta de que não deveria gastar minhas energias com certas plantas que não crescem. Parece tão óbvio, porque esperar que ela floresça se nem suas folhas apresentam viço? Cheguei a conclusão de que já gastei tempo demais, adubo demais, água e sobretudo emoção demais com algumas plantas que não me dão qualquer resultado positivo. Agora acabou pra elas.

Chegou a hora de fazer uma faxina no jardim da minha vida, decidi que vou arrancar as raízes inúteis que prendem essas plantas inférteis no solo da minha existência, vou revolver minha terra e semeá-la novamente. Vou trocar as plantas, mudar os vasos, me adubar, quero mais flores, galhos fortes, quero o verde bem verde. E eis que bons frutos virão, tenho certeza disso, e se não vingarem não vou perder muito tempo, arranco e semeio novamente, em algum momento surgirão belas planta para o meu jardim.


[Mente Hiperativa]

5 comentários:

  1. Ah, meu amigo tá virando um grande homem (: Tudo isso acho que faz parte do amadurecimento, deixar pra traz a juventude. Isso é a vida exigindo de ti as habilidades que tu vai precisar nesse fase da vida que tu tá entrando. Quando coisas corriqueiras se tornam irrelevantes e tudo gira em torno das prioridades.

    Te admiro muito pelo o que tu é hoje e pelo homem que tu tá se tornando. Abraçooo!

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz por tomar decisões como essas, abrir a boca e dizer palavras ao vento é fácil demais, agora tirá-las e tornar elas ativas, é outra coisa .. Mude o capítulo, você tem o dom, você pode, e ninguém mais. Eu: Falta-me apenas cumprir o que as palavras falam por mim completamente, gostei muito, e me sinto segura ouvindo você, me aconselha bastante por meio dos seus textos, beijos meu caro amigo :*

    ResponderExcluir
  3. Às vezes eu imagino que mudar é sinônimo de agir, mas desistir já mudaria e melhoraria tanta coisa... ótima dica. bjo

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião: