sábado, 21 de julho de 2012

Pessoas me cansam



Pessoas me cansam

Às vezes bate um cansaço das pessoas, cansaço de vê-las com os mesmos discursos, reclamando das mesmas coisas, andando em círculos, vivendo novamente as mesmas desilusões, repetindo incessantemente os mesmos erros. E eu como amigo tento sempre ajudar, escutar, opinar e fazer o outro pensar, enxergar novos caminhos... Parece que isso traz um alívio momentâneo, clareia as ideias, mas não demora pra que me procurarem com o mesmo texto ensaiado de sempre, já o sei decorado.


Não quero condenar quem repete os mesmos erros, até porque eu já repeti alguns tantas vezes, sei que nem sempre conseguimos enxergar isso claramente, e quando enxergamos com a ajuda de outro nem sempre é fácil superar o obstáculo que nos aflige. Mas se você não faz por você, ninguém poderá fazer. Eu sei que na maioria das vezes a pessoa não repete incessantemente o mesmo erro por mal, mas também não é por falta de aviso, e de uma forma ou de outra eu acabo cansando de tentar ajudá-la, sei que não deveria cansar, mas canso mesmo sabendo disso.


Invisto minha emoção, meu tempo, e tudo parece em vão. Eu falo, digo, alerto, convenço, oriento, ajudo, a pessoa diz que entendeu, vai lá e faz tudo igual novamente, tudo errado, depois me procura aflita. Por essas e outras que depois de tantos erros repetidos eu nem falo mais nada; depois de tentar mostrar outros caminhos de tantas formas diferentes e ver que a pessoa insiste em percorrer somente o mesmo atalho de sempre, eu fico calado, dou-lhe tempo pra que perceba as coisas por si só. Porque uma hora sempre percebemos que estamos repetindo a mesma estratégia tola, cedo ou tarde notaremos.

Quantas vezes será necessário tropeçar na mesma pedra pra notar que está andando em círculos?

[Mente Hiperativa]


2 comentários:

Deixe sua opinião: