terça-feira, 6 de março de 2012

Cadê você?


Cadê você?

Te procuro nas tardes de sol e nas noites frias, na minha cama vazia. Cadê você? Cadê você que não está aqui comigo, agora? Eu cansei de bancar o auto-suficiente, minha fortaleza desabou e meus medos caíram por terra. Eu admito que preciso de você aqui comigo, vem, e vem logo, não esqueça de trazer as tintas pra colorir a minha vida que é tão sem graça sem você. Eu quero o teu carinho, tuas palavras doces e também o teu silêncio, em forma de beijo. Vem calar minha tristeza. E tira de mim esse medo que tanto tenho de amar.

[Mente Hiperativa]

4 comentários:

  1. se eu tivesse as tintas, se vc deixase...
    :)

    ResponderExcluir
  2. Que lindo isso!
    Belíssima (verdadeira) escrita!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  3. Eu tô aqui agora e cadê , você?
    Nossa fico mt feliz quando vejo essas suas postagens, está evoluindo mh, rs .. é bom amar, é bom admitir que precisamos do outro, não que somos dependentes, mas que é preciso ter alguém pra compartilhar momentos cntg, PARABÉNS ! Deus abençoe vc nessa nova fase .. que dure .. mi!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miiiiii, voce comentando por aqui, que coisa boa. Bjo

      Excluir

Deixe sua opinião: